Biologia para Todos

Porque a Biologia é vida…

Transmissão das características hereditárias

Posted by Francisco.e.Rute em 17/11/2009

O contributo de Mendel

Gregor Mendel foi o primeiro cientista a realizar diversas experiências para o esclarecimento da transmissão dos caracteres hereditários.
Quando Mendel iniciou os seus trabalhos era totalmente desconhecido a existência dos genes, do DNA, dos cromossomas,gametogénese ou até mesmo a meiose.
Mendel

Mendel estudou, então, as características (uma a uma de cada vez) das ervilhas. – Monoibridismo
Criou linhas puras e fez com que estas se auto-polinizassem até ter ervilhas iguais (homozigóticas para a característica a estudar).

Imagine-se agora que existiam duas flores (roxas e brancas). Mendel cortou os órgãos femininos à flor e colocou o pólen da branca na flor roxa, e vice-versa; de modo a demonstrar que a característica não estava ligada ao sexo.
Na geração F1, as flores eram todas roxas (verificando-se que o roxo era a cor dominante, sendo o branco a cor recessiva). Deste modo, Gregor Mendel, deixou que as flores roxas se auto-polinizassem, e, assim, já na geração F2 as flores eram roxas e brancas.
Em suma: A F1 é uniforme, igual ao progenitor dominante. E na geração F2 a razão do fenótipo é3:1 e a razão do genótipo é de 2:1:1.

Na interpretação destes resultados, Mendel propôs a seguinte explicação:

-Cada organismo contem dois factores para cada carácter.
-Na formação de gâmetas, os factores separam-se de tal modo que cada gâmeta conte um só factor de cada par, pureza dos gâmetas.

Assim, o cientista criou leis que se verificaram nos resultados das experiências que elaborou.

A 1ª lei de Mendel – Segregação factorial – consiste no facto de na altura da formação dos gâmetas, o gâmeta só recebe um dos alelos do genótipo.

A 2ª lei de Mendel – Segregação independente – consiste no facto de durante a formação dos gâmetas, a segregação dos alelos de um gene é independente da segregação dos alelos de outro gene.

Quanto aos factores dominantes e recessivos, e com o intuito de simplificar o tratamento de dados, podem utilizar-se símbolos para representar os factores.

Por convenção, representa-se o factor que condiciona a forma dominante pela letra inicial maiúscula da característica e o factor que condiciona a forma recessiva pela mesma inicial, mas minúscula.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: