Biologia para Todos

Porque a Biologia é vida…

Técnica do DNA recombinante

Posted by Francisco.e.Rute em 14/01/2010

As bactérias têm enzimas de restrição que rompem a molécula de DNA do plasmídeo numa determinada sequência especifica, zonas de restrição. Então, com outras endonucleases de restrição abre-se outra molécula de DNA, que vai ser a molécula dadora, e isola-se o gene que se pretende inserir no plasmídeo. O gene que irá ser inserido é colocado em contacto com o plasmídeo, tal como a DNA-ligase.
Depois de unidos, o gene com o plasmídeo, este possui agora um gene estranho, ou seja, possui um DNA recombinante.
O plasmídeo recombinante vai-se introduzir em certas bactérias que vão concretizar o papel de hospedeiras, aceitando o plasmídeo bem como o gene estranho. A partir do DNA recombinante, o gene inserido passa a comandar a síntese da proteína desejada.

Exemplo retirado de um site (clicar no texto para ser redireccionado)

Para entendermos melhor vamos conhecer esse processo passo a passo (acompanhe na figura baixo):

1. Os pesquisadores querem estudar um gene humano que produz uma proteína que não se sabe a função.
2. Os pesquisadores “recortam” (utilizando enzimas de restrição), do DNA humano, o gene de interesse.
3. Esse fragmento de DNA contendo o gene é multiplicado por PCR para obtermos várias cópias do mesmo fragmento (ou da mesma informação).
4. A mesma enzima que clivou o gene do DNA humano é utilizado para clivar o plasmídio bacteriano. Lembre-se que o fragmento de DNA, ao ser clivado, gera pontas adesivas que são complementares ao plasmídio se este for clivado com a mesma enzima.
5. A seguir o plasmídio clivado é misturado com os fragmentos de DNA (contendo o gene) e uma enzima chamada ligase “cola” os fragmentos ao plasmídio, produzindo o chamado DNA recombinante. Isso feito, o DNA recombinante é introduzido em uma bactéria hospedeira.
6. A bactéria hospedeira é colocada em um meio nutritivo seletivo, apenas aquelas que possuem o DNA recombinante crescem, formando colônias. Após muitas gerações de bactérias, o produto da expressão dos genes, as proteínas humanas, são purificadas das bactérias (são separadas das proteínas das bactérias).

.

Esse método produz uma grande quantidade de proteínas humanas possibilitando assim, seu estudo.

fontes: Silva, A. e outros, Terra, Universo de Vida, 1ª edição, Porto, Portugal, 2009 / http://www.sobiologia.com.br/conteudos/Biotecnologia/recombinante.php / http://pt.wikipedia.org/wiki/ADN_recombinante / http://bio-ana12.blogspot.com/2008/02/extraco-do-dna-de-frutos.html

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: